Dor Ciática
ROPE

ROPE

Dor Ciática: o que é, causas, sintomas e tratamento

O que é?

A dor ciática, ou ciatalgia, é uma dor que se estende desde a coluna lombar passando pela parte posterior da coxa (nádega), podendo chegar ao pé. Não é uma doença, mas sim um sintoma de uma condição médica subjacente.É mais comum na meia-idade, ocorrendo raramente antes dos 20 anos.

Sintomas da Dor Ciática

A dor e outros sintomas podem variar consoante a localização, tipo e intensidade dependendo da condição clínica subjacente.

No entanto, esta dor É, de um modo geral, intensa e aguda, tende a agravar-se com a posição sentada, e a tosse ou um espirro podem acentuar a dor. Pelo contrário, a dor tem tendência a melhorar quando se está deitado ou durante a marcha. Normalmente, está associada a outros sintomas como, por exemplo, fraqueza muscular, alteração da sensibilidade, formigueiros e dormências.

Esta Dor pode, ainda, ser inconstante ou permanente, tornando-se, neste caso incapacitante. Os sintomas da dor ciática podem ser incapacitantes, mas é raro ocorrer lesão permanente do nervo ciático.

O que causa a dor ciática?

A dor ciática surge, assim, quando há compromisso do nervo ciático que é o maior nervo do corpo humano. Este nervo ao longo do seu trajeto poderá comprimir por várias estruturas. De entre as causas para compressão do nervo ciático estão:

  • Presença de osteófitos na coluna lombar, também conhecidos como bicos de papagaio;
  • Hérnia discal lombar;
  • Síndrome do piramidal (músculo que se localiza na região da nádega);
  • Entre outras causas.

Quais os principais fatores de risco?

Existem fatores que poderão colocar-nos em risco de, no futuro, sentirmos esta dor, mas que poderão evitar-se se mantivermos um estilo de vida ativa. São eles:

  • Posturas mantidas e repetitivas;
  • Sedentarismo;
  • Obesidade.

Como diagnosticar e tratar a dor ciática?

Um bom diagnóstico deve ser obtido após uma avaliação rigorosa baseada no historial clínico anterior e atual e exame físico detalhado, que passa pela observação da postura e do movimento e a aplicação de testes específicos e exames complementares de diagnóstico, se assim se justificar.

Uma avaliação rigorosa por parte do fisioterapeuta permite identificar as estruturas que provocam a compressão do nervo, elegendo, assim, as melhores técnicas de tratamento para cada caso específico. Além disso, ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, a dor ciática pode ser tratada sem recurso a cirurgia, recorrendo a tratamento conservador como é o caso da fisioterapia, osteopatia e exercício clínico, daí a necessidade da avaliação para averiguar a verdadeira causa da dor. No ROPE, focamo-nos no tratamento da causa e não apenas no tratamento dos sintomas.

Os sintomas podem ter origem ligamentar, muscular, visceral ou de outra região como a sacro-ilíaca. São várias as disfunções que podem simular uma dor semelhante à dor ciática e isto justifica o facto de muitos tratamentos não terem um resultado totalmente eficaz, reforçando mais uma vez a importância de uma correta avaliação.

Dor ciática e exercício físico

É de extrema importância mantermo-nos ativos para prevenir a dor ciática, exercícios específicos podem mesmo ser utilizados para reabilitar um caso de dor.

A mobilidade da coluna lombar e anca, alongamento da cadeia posterior e músculo piramidal, assim como o fortalecimento dos músculos da perna, são alguns pontos importantes nos quais se devem focar um plano de exercício para prevenir e ou reabilitar estes casos de dor.

No ROPE, temos profissionais com formação específica em exercício que irão avaliar a sua condição física e desenhar um plano de treino adequado às suas necessidades, potenciando as suas qualidades e trabalhando sobre as suas dificuldades para o atingimento da sua melhor performance.

Sofia Castro, Fisioterapeuta

Outros artigos:

Exercício físico e o cérebro

9 parâmetros que podemos avaliar na consulta da coluna

Exercícios para fortalecer e relaxar os pés sem sair de casa

Partilhar este post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

MARCAR SESSÃO

Respondemos a qualquer dúvida ou questão que possas ter.

RECEBE TODAS AS NOSSAS NOVIDADES!

SÊ O PRIMEIRO SABER: